Google+ Artesanato com amor...by Lu Guimarães: Plano de negócio ideal para quem trabalha com artesanato

Meus Queridos Leitores!!

Elo 7

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Plano de negócio ideal para quem trabalha com artesanato

planodenegociocraft


Crafters costumam afirmar que ganhar o próprio sustento com manualidades não é um trabalho convencional, é mais um “estilo de vida”. Pois saiba que essa expressão também é usada para definir empresas que funcionam sem planejamento e sem visão do mercado. Não soa como uma boa comparação, né?
Para evitar que o seu “estilo de vida” acabe virando um trabalho que não gera lucro real e só sobrevive porque você é realmente apaixonado pelo que faz, nada melhor do que um plano de negócio para clarificar as ideias e permitir que se ultrapasse a barreira que separa profissionais de verdade de amadores que, por acaso, vendem suas produções artesanais.
Eu estou sendo cruel de propósito, justamente porque sei o quanto é importante colocar tudo no papel e encarar a verdade dos números, da concorrência e da possibilidade de crescimento. E não existe jeito melhor de fazer isso do que escrevendo o seu próprio plano de negócio. Se você já estudou um pouco o assunto depois do meu último post aqui no Ganhe Mais, talvez esteja ligeiramente apavorado pensando em todo o trabalho que vai dar.
Uma dica interessante é dividir a tarefa em partes menores e se concentrar em uma delas de cada vez. Talvez leve alguns meses até o seu plano ficar pronto. Não se preocupe com isso. Afinal, sua avó já dizia: “antes tarde do que nunca”. É isso mesmo. Como crafter, você sabe que tudo que é bem feito, com capricho, carinho e cuidado, leva tempo. Aproveite a sua paciência, criatividade e competência com as manualidades para transferir essas habilidades para o papel, na hora de planejar o futuro do seu trabalho com peças artesanais.
Só tente deixar a sua paixão pelo artesanato de lado, ao menos nos momentos em que está escrevendo seu plano de negócio. Ele precisa ser realista, frio, calculista, objetivo e prático. Eu diria que até um pouco pessimista, para não gerar falsas ilusões ou criar expectativas inalcançáveis. Afinal, se o seu trabalho como crafter se provar inviável, você sempre vai querer saber disso o mais rápido possível, para poder pensar em outras alternativas e possibilidades. Mas não se desespere. Às vezes, pequenas mudanças podem promover verdadeiros milagres.
Ah, e não vale iniciar o plano de negócio e engavetá-lo quando estiver na metade, como você fez com aquela manta de tricô para o seu sofá, viu?


Um abraço,

assinatura blog - Cópia











 


Beijinhos!!!







Nas postagens do blog a maioria das fotos são de minha autoria. Em algumas ocasiões utilizo fotos que pego na internet. Sempre procuro dar os créditos devidos. Se os créditos não estiverem corretos ou faltando, por favor avise-me para que possa corrigir o erro.

Curta isso!

Minha loja ELO7

Meu recado

visitantes recentes