Google+ Artesanato com amor...by Lu Guimarães: Os vários fios da meada

Meus Queridos Leitores!!

Elo 7

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Os vários fios da meada

Neste meu primeiro artigo, resolvi falar sobre a importância da técnica mais antiga do país: o bordado. E de como ela vem sendo recriada e ganhando novos rumos ao longo dos anos. Não é só por uma questão afetiva, já que minha avó foi uma grande bordadeira, mas é por acreditar no potencial criativo, cultural, econômico e renovador desta arte.
Foto1

O bordado é uma das artes manuais mais antigas e se tornou a atividade artesanal mais difundida e praticada no Brasil, especificamente em 75% dos municípios do país segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística-IBGE. A técnica está no topo da lista, à frente dos trabalhos em madeira e em barro. Em Minas Gerais, por exemplo, o bordado é a principal atividade econômica em mais de 700 municípios. No agreste pernambucano, no município de Passira, esta técnica representa mais de 40% do PIB da cidade. É a principal fonte de renda das famílias.
Foto2

O Bordado Boa Noite, no interior de Alagoas, o Grupo Matizes em Minas Gerais e inúmeros outros projetos existem com gente disposta a aperfeiçoar o trabalho, capacitar os envolvidos e valorizar algo tão genuíno da nossa cultura. Suportes estes que, com seus detalhes, contribuem para uma visão mais abrangente, adequando o que é produzido e consequentemente, aumentando a renda.
Com toda esta importância, o bordado chama a atenção de outros perfis. O que antes era visto como antigo, hoje é a principal arte feita por gente cada vez mais jovem. O bordado ganhou status de obra de arte, e com razão. A partir de cada experiência pessoal, os novos profissionais trazem a sua marca para o trabalho. A jornalista Soteropolitana Tarsila Ferreira, de 25 anos cresceu vendo a avó bordar vários pontos e inspirada nisso mudou de área para se dedicar aos trabalhos manuais. Escolheu o bordado e criou a marca Casa de La Abuela. Hoje, trabalha com a criação de acessórios como brincos e colares em cores vibrantes e formas geométricas. Segundo ela, a produção é baseada em um exercício de reconstrução dos bordados antigos, de onde nasce o seu bordado contemporâneo.
Imagem: Casa de La Abuela
Imagem: Casa de La Abuela
Dos tecidos aos móveis, painéis até capinhas de celular e fotografias! Mais tradicionais ou não, os bordados e seus materiais estão por toda parte, renovando o seu potencial criativo. São aplicados de outras formas, em novos objetos e esta é uma corrente que segue, cresce e ganha novos adeptos todos os dias. Isso é muito válido.
Imagem: Honestlywtf e This Little Street
Imagem: Honestlywtf e This Little Street
Foto5
Imagem: El Costurero; A Casa que minha Avó queria; Ateliê Casa de Maria
O que não vale é ficar sem se inspirar, tentar. Quem sabe você, apaixonada pelos fios, não se anima para criar algo com um toque diferenciado, abrangendo novos públicos e nichos dentro desta arte?
Fica a pergunta e meu desejo que você pense com carinho e comece já! Até breve!


assinatura blog


 








 


Beijinhos!!!
Nas postagens do blog a maioria das fotos são de minha autoria. Em algumas ocasiões utilizo fotos que pego na internet. Sempre procuro dar os créditos devidos. Se os créditos não estiverem corretos ou faltando, por favor avise-me para que possa corrigir o erro.

Curta isso!

Minha loja ELO7

Meu recado

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.